Google+ Experimento: Felicidade à flor de goiabeira.

terça-feira, 23 de abril de 2013

Felicidade à flor de goiabeira.

22/04/2013, depois das 23 horas.

É tarde da noite e eu deveria estar dormindo, mas ,como Amanda me enviou uma mensagem no celular me chamando de "menina bonita de flor", me senti animada para escrever no papel o texto do meu próximo post para meu Experimento.

"O quintal de goiabeiras encantava com aquele cheiro doce, cheiro de verdade irrefutável, de força indestrutível. Cheiro de que tudo sempre acabará bem... "
Há mais de um ano, de visita à minha cidade natal, fui passar uma tarde na casa de um primo querido e lá havia um quintal repleto de goiabeiras, encantador.
Era um quintal simples, mas eu estava em dias filosóficos e existencialistas e aquele ambiente me aqueceu o peito e aquele cheiro doce me encheu de calma.
Meu pensamento era de que a vida estava simplesmente ao alcance dos meus olhos, que não precisava de explicação nem causa. Era como se ver e cheirar aquele lugar me fizesse ser também uma goiabeira e sentir que a força da natureza era reconfortante em vez de assustadora.
Naquele momento eu não era um ser humano medroso e egoísta, era só parte do todo.





P.S. Este post é dedicado a meu querido e bobo marido, que se aproveita de minha curiosidade e me faz parar de escrever apenas para olhar uma piada boba no Google Plus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário